Fluxo Clínica de Cirurgia Vascular - Produtos, ofertas, notícias

Boletins/Artigos

Aplicação de varizes com espuma

8 meses atrás

Aplicação de varizes com espuma.

Várias são as formas de tratar as varizes; pela de cirurgia convencional (com retirada das veias, também conhecida como striping), pela técnica de termoablação (cirurgia de varizes com radiofrequência ou a LASER) e escleroterapia (aplicação) química, sendo a mais comum a aplicação de varizes com espuma. Nessa técnica, o angiologista ou cirurgião vascular vai tratar as varizes pela injeção de uma substância química cuja efeito irá “secar” a veia. Isso se deve à irritação da parede da veia, causando o fechamento da veia. Diversas substâncias podem ser utilizadas mas devem ter propriedades que proporcionam, ao serem misturadas com ar ambiente ou gás carbônico, a formação de uma espuma densa, assemelhada a um mousse. Essa espuma é injetada na veia, preferencialmente guiada pela imagem de ultrassom.

Quais vantagens do tratamento de varizes com espuma?

  1. Tratar veias de maior tamanho, como as veias safena magna e safena parva;
  2. Mudar a concentração da substância esclerosante de acordo com o tamanho da veia a ser tratada;
  3. É um procedimento ambulatorial, sem necessidade de internação hospitalar e é realizado sob anestesia local ou mesmo sem anestesia;
  4. Não há necessidade de repouso.

Quais os riscos da aplicação de varizes com espuma?

Como qualquer tratamento, há riscos e complicações potenciais. Antes do tratamento, é fundamental que o(a) paciente seja avaliado clinicamente por um médico especialista em angiologia ou cirurgia vascular. Após a consulta, com coleta de informações sobre alergias e eventos trombóticos pessoais ou familiares passados, é realizado o exame clínico para graduar as varizes.

Será necessário a realização de um exame de ecodoppler venoso. Neste exame serão definidos diversos parâmetros para definir a estratégia de tratamento. Realizando todos esses passos, as chances de potenciais alergia ao medicamento, trombose venosa ou embolias diminuem o suficiente para que esse tratamento seja realmente muito seguro.

Um efeito adverso frequente é o escurecimento da pele sobre as veias maiores e mais aparentes. Entretanto, o escurecimento da pele é frequentemente temporário e tende a desaparecer em poucas semanas ou meses. Há medidas que podem ser usadas para diminuir o risco de pigmentação da pele e seu angiologista saberá usa-las.

Qual a importância do ultrassom-Doppler na aplicação de varizes com espuma?

O ultrassom-Doppler é uma ferramenta inseparável da técnica de applicação das varizes de maior calibre (maiores) com espuma. Ele permite que o angiologista consiga ver a veia sob a pele e oriente sua agulha para dentro da variz com segurança, garantindo que a espuma seja injetada dentro da veia. També permite a visualização da progressão da espuma ao longo do trajeto planejado da veia. A espuma é facilmente visibilizada ao ultrassom.

Quem é o profissional que realiza esse tratamento?

Conforme parecer do Conselho Federal de Medicina, somente um médico (de preferência angiologista ou cirurgião vascular) pode realizar este tipo de tratamento. São pré-requisitos básicos do profissional para a realização um tratamento de arizes com espuma:

  1. Um diagnóstico seja feito;
  2. Avaliação quanto à exames complementares;
  3. Definir uma estratégia de tratamento;
  4. Habilitação na realização do procedimento
  5. Habilitação e experiência em ultrassom-Doppler;
  6. Conhecimento da farmacologia e efeitos adversos do produto utilizado na aplicação de varizes com espuma;
  7. Saber como tratar eventuais complicações.

No caso do tratamento das varizes com espuma, o único profissional totalmente habilitado com os pré-requisitos acima são os angiologistas e os cirurgiões vasculares. Você poderá encontrar excelentes profissionais, habituados coam a técnica de aplicação de varizes com espuma e nossa clínica Fluxo.