Imunizar Dedetizadora - Produtos, ofertas, notícias

Boletins/Artigos

7 Dicas Simples Para Você De Prevenir Pragas

2 meses atrás

7 Dicas Simples Para Você De Prevenir Pragas

Neste artigo, vamos falar sobre sete formas de prevenir pragas a partir de pequenas atitudes e receitas caseiras. São dicas rápidas, mas que ajudam você a manter a higiene em casa. Lembre-se que ficar livre de pragas é uma questão de higiene e saúde pra você e para sua família.

Então, vamos as sugestões, para que esse tipo de situação nunca aconteça com você. Certamente, se eu tivesse essas informações há alguns anos, eu e minha família nunca teríamos passado por aqueles sufocos.

As prevenções

1º Prevenção – Cuidados Gerais

A limpeza e a organização são essenciais. Evite deixar a louça suja na pia e comer nos quartos.

Pragas urbanas dependem do homem pra viver, pois nós sempre lhes oferecemos abrigo, água e comida, tudo o que temos em casa, especialmente em locais úmidos, no esgoto ou nos restos de lixo.

Outra medida importante é tapar frestas para evitar a entrada de formigas e outros insetos. Lembre-se de fazer isso em interruptores, tomadas, portas e janelas. Por esses locais os insetos costumam passar.

Para evitar aquelas pequenas moscas de banheiro o ideal é ter ralos que abrem e fecham, e abrí-los apenas na hora do banho.

2º Prevenção – Atenção com a sazonalidade

Normal esquecermos as pragas quando não estamos vendo que elas estão lá, mas dedetização preventiva é altamente recomendada, especialmente em cidades que passam por longos períodos de seca. No calor e nas chuvas, as pragas ficam mais evidentes.

3º Prevenção – Armários de alimentos, despensas e lixeiras

Tome o cuidado de manter alimentos em locais altos. Evite usar fruteiras que deixem os alimentos próximos do chão. O melhor é guardar tudo dentro de armários fechados, sem frestas e sem umidade, para dificultar a entrada de insetos.

Não compre lixeiras que não tem um bom encaixe da tampa e prefira as de fechamento automático. Se as lixeiras estão bem fechadas elas não atraem insetos.

4º Prevenção – Prevenção contra dengue

Todo mundo sabe que não se deve deixar água parada, certo? E outra dica útil é usar a borra de café nos vasos de plantas. Não é uma solução definitiva e nem te deixa totalmente livre do perigo, mas ajuda a afastar o mosquito.

5º Prevenção – Afastando baratas

Uma curiosidade sobre baratas é que elas dormem e costumam acordar quatro horas depois que não há mais luz. Por isso, você costuma encontrá-las na hora de fazer aquele lanche da madrugada, ou quando chega tarde em casa.

Deixar a luz acesa não ajuda a eliminar ou controlar as terríveis baratas, mas te livra dos sustos quando você sabe que sua casa está infestada para naqueles dias que você chega tarde.

6º Prevenção – Repelentes e Repelentes Caseiros

Existem várias receitas caseiras pra afastar insetos, e grande parte delas funciona mesmo.

Vela de citronela ou de andiroba é uma ótima dica, pois ela afasta muitos tipos de insetos.

Existem ainda algumas plantas que afastam insetos e que são muito comuns em casa, por exemplo o cravo da índia, folhas de louro e a já citada citronela.

Na internet, circula uma receita de repelente caseiro com cravo-da-índia, álcool e óleo de bebê. Dê uma procurada e você vai encontrar ótimas receitas.

7º Prevenção – Uso de venenos vendidos ao consumidor

Sprays de mercado não têm efeito longo e você acaba inalando enquanto aplica, o que faz mal, mesmo que o produto não tenha cheiro. Por não ter efeito longo, eles não são indicados pra prevenção.

Há a opção do gel que é vendido nos mercados. Ele tem menor efetividade se comparado ao gel profissional, seca mais rápido, não tem o mesmo efeito em cadeia e a atratividade é menor, pois é um produto de linha mais barata. Esse gel é uma opção pra quem quer se prevenir.

Agora, lembre-se de que há uma reserva de mercado para produtos profissionais que são vendidos apenas para empresas especializadas. Linhas profissionais têm resultados muito melhores e essas, sim, garantem a eliminação das pragas.

Conclusão

Todas essas dicas são úteis e servem como soluções temporárias para o controle de pragas, mas como você pode perceber, todas elas custam tempo e dinheiro e ainda podem exigir algum grau de experiência para aplicação.

Quando colocamos na ponta do lápis o custo de um serviço de dedetização, percebemos que sai muito mais em conta a contratação do que comprar ou produzir repelentes, manter luzes acesas, comprar velas, se expor a venenos em spray comprados em mercados etc.

Nem sempre a prevenção caseira é suficiente, e é nessa hora que você precisa de um profissional.