San Carlo Pisos - Produtos, ofertas, notícias

Novidades

O que é piso intertravado

4 meses atrás

 

 

 

 

 

 

 

Os pisos intertravados ou bloquetes são peças em concreto, podendo ter diversas formas, cores e texturas que, no seu conjunto, criam grandes áreas pavimentadas, destinadas ao tráfego de pessoas ou veículos leves e pesados.

A pavimentação com bloquetes de concreto tem como característica principal a simplicidade de instalação. Seu assentamento é feito sobre uma camada de areia ou pó de pedra. Cada parte do piso colabora para a imobilidade da peça vizinha, por meio do atrito lateral entre elas. Tudo devido ao preenchimento das juntas com areia ou pó de pedra. Estas juntas permitem a passagem da água, tornando o piso intertravado de concreto ecologicamente correto

vantagens dos pisos intertravados

15/10/2015

Vantagens As vantagens e a simplicidade do processo de construção destes pisos são conhecidas pelo meio técnico. No entanto, algumas de suas propriedades merecem ser ressaltadas: • Resistência e durabilidade • Utilização imediata do pavimento • Facilidade de execução • Homogeneidade • Estética • Refletem melhor a luz do que outros tipos de superfície e proporcionam um excepcional conforto térmico. Além disso, mesmo sob chuva, os pisos intertravados de concreto não são escorregadios. • É o piso mais permeável, permitindo a passagem de parte da água da chuva para o solo; • Pode ser desmanchado e reconstruído com 100% de aproveitamento das peças, permitindo fácil reparação em caso de recalque do sub-leito (terreno natural)

Boletins/Artigos

A VANTAGEM DO PISO INTERTRAVADO

13/3/2014

 

Primeiramente, o que são pisos intertravados?

Os pisos ou pavimentos intertravados são peças modulares de concreto com diversas formas, cores e texturas que, dispostas em conjunto, criam grandes áreas de superfícies pavimentadas, destinadas à utilização por pessoas e veículos leves ou pesados.

Características

A pavimentação com peças pré-moldadas de concreto tem como principal característica o fato de ser simplesmente apoiado sobre uma camada de areia, desde que devidamente confinada.

O conceito básico deste tipo de piso é o intertravamento, ou seja, a transmissão de parte da carga de uma peça para a peça vizinha através do atrito lateral entre elas, sendo este atrito lateral garantido através do preenchimento das juntas entre as peças simplesmente com areia fina.
Os pavimentos intertravados têm, basicamente, a seguinte seção transversal:

Fig. 1: Seção típica dos pavimentos intertravados A espessura das peças varia de acordo com o tráfego a que estarão submetidas. Recomenda-se:
• 6 cm: para áreas de pedestres, ciclovias, veículos e caminhões até 2 eixos;
• 8 cm: para tráfego de veículos comerciais e outros veículos pesados (carretas até 06 eixos);
• 10 cm: para situações de tráfego muito pesado.

Vantagens

As vantagens e a simplicidade do processo de construção destes pisos são conhecidas pelo meio técnico.

No entanto, algumas de suas propriedades merecem ser ressaltadas:
• Resistência e durabilidade
• Utilização imediata do pavimento
• Facilidade de execução
• Homogeneidade
• Estética
• Refletem melhor a luz do que outros tipos de superfície e proporcionam um excepcional conforto térmico. Além disso, mesmo sob chuva, os pisos intertravados de concreto não são escorregadios.
• É o piso mais permeável, permitindo a passagem de parte da água da chuva para o solo;
• Pode ser desmanchado e reconstruído com 100% de aproveitamento das peças, permitindo fácil reparação em caso de recalque do sub-leito (terreno natural)

Execução

A construção dos pisos intertravados é simples: Veja os passos:
- preparar o sub-leito (terreno natural) através de compactação e nivelamento;
- executar uma camada de areia grossa sarrafeada e nivelada com espessura média de 5 cm;
- assentar as peças pré-moldadas sobre a camada de areia, posicionando-as uma encostada na outra;
- executar uma pré-compactação das peças já assentadas através de placa vibratória para o adensamento do colchão de areia e eliminação de eventuais desníveis.
- finalmente espalha-se, por varredura, areia fina sobre o piso para o preenchimento das juntas e executa-se a compactação final com placa vibratória para que as juntas fiquem totalmente preenchidas com areia.

Manutenção

O piso intertravado deve ser limpo, sempre que for necessário, utilizando-se métodos tradicionais. Água, sabão neutro e vassoura são na maioria dos casos a solução ideal. É possível a utilização de alta pressão para lavagem do piso apenas resguardando a aplicação do jato de forma adequada.
Existem ainda produtos especiais de limpeza, desenvolvidos para remoção de óleos, gorduras tintas e chicletes.

E também produtos para proteção, podendo-se melhorar a coloração, aumentar a resistência à abrasão ou dar aspecto brilhante à superfície do piso.

A cada 5 anos é aconselhável a verificação das juntas e, se necessário, a reexecução dos rejuntamentos apenas com areia.

Considerações finais

A pavimentação em blocos de concreto tem-se revelado extremamente vantajosa, em termos de custo, e vem sendo adotada de forma crescente por diversas municipalidades, empresas e particulares.

Trata-se, portanto, de uma alternativa a ser considerada por administradores públicos e privados, projetistas, e construtores, bem como por qualquer pessoa envolvida na escolha dos tipos de pisos e pavimentos a serem utilizados nos mais diversos campos de aplicação.